WRC 2012 – Rali de Gales (Dia 1)

O Rali de Gales, décima prova do Mundial WRC de 2012, parece que está a demonstrar ser uma prova em que Sebastien Löeb demonstra mais dificuldades do que o habitual para dominar a competição, como fez nos últimos cinco ralis. O primeiro dia da competição está a ser marcado pelo andamento dos carros da Ford, onde Jari-Matti Latvala e Petter Solberg são os dois primeiros, deixando Löeb no terceiro posto, a 21,3 segundos da liderança, ao fim de seis classificativas.
O rali começou com Petter Solberg a vencer as duas primeiras classificativas, numa competição bem renhida entre os três carros da frente, que aumentaram o ritmo de forma a deixar para trás o resto da concorrência. apesar das classificativas escorregadias, do qual Löeb se queixou no final do dia, os pilotos da Ford mantiveram o sangue frio e continuaram a correr, com Jari-Matti Latvala a marcar o melhor tempo nas quatro classificativas seguintes, tentando impor o seu ritmo e a afastar-se de Solberg e de Löeb. Contudo, o máximo que conseguiu foi ficar na liderança do rali.
Foi muito mais escorregadio do que na primeira passagem“, começou por dizer Löeb. “Quando é assim, é difícil brigar com os Ford. Eles são muito rápidos e agora é impossível lutar com eles.“, concluiu o piloto da Citroen e atual líder do campeonato.

Eu realmente gostei. A estrada é muito escorregadia, mais difícil de conduzir do que na primeira passagem. O carro é muito bom para estas condições“, repondeu o finlandês.

Já o companheiro de equipa de Latvala na Ford, Petter Solberg, afirmou: “Funcionou muito bem, nada especial. Foi uma fase muito complicada e Jari tem uma fantástica vantagem. O carro funcionou muito bem.“, concluiu o norueguês.

Quem não tem acompanhado os ritmos dos três primeiros está a ser Mikko Hirvonen, que está na quinta posição, a quase um minuto do líder (53,8 segundos, mais concretamente), e já afirmou que está muito desapontado com o ritmo que tem tido a ter, pois o quarto classificado é Mads Ostberg, que está a 32,6 segundos da liderança, e até tem estado consistente em termos de ritmo. “Nós realmente não temos qualquer aderência contra os meninos da Ford. Eu realmente tentei dar o máximo, mas era tão escorregadio que agora mesmo eu destruí os meus pneus.“, disse o piloto finlandês da Citroen.

Um pouco mais distante está o estónio Ott Tanak, que é sexto e já tem um minuto e 19 segundos de desvantagem sobre Latvala. Não muito distante encontra-se o russo Evgueny Novikov, sétimo e a um minuto e meio.

O belga Thierry Neuville, o britânico Matthew Wilson e o checo Martin Prokop, fecham o “top ten”, com Chris Atkinson, no seu Mini, a ser o 11º, já a mais de três minutos do comando.
O rali de Gales prossegue amanhã.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s