E na Mercedes…

O dia seguinte à famosa desobediência de Sebastian Vettel às ordens de equipa da Red Bull está a ser agitado. Todos querem tirar conclusões à manobra do piloto alemão, e a maior parte deles é desafavorável. Contudo, toda esta discussão desviou a atenção sobre outro assunto, outra polémica. Quem é que fala por estes dias sobre a decisão de Ross Brawn de impedir Nico Rosberg de atacar Lewis Hamilton para o terceiro lugar?
Por incrivel que possa parecer, fala-se. E Brawn não sai bem na foto. O facto da decisão tomada por Ross Brawn, em Sepang, tão cedo no campeonato, de dar a Hamilton o estatuto de primeiro piloto, a favor de Nico Rosberg, caiu mal. Especialmente quando se sabe que o britânico teve uma paragem a mais que Rosberg, que teve problemas para salvar combustível na parte final da corrida e o germano-finlandês estava em melhores condições de ir atrás dos Red Bull, mesmo se o segundo lugar fosse algo inalcançável.
No final da corrida, Lewis Hamilton confessou o seu embaraço – mas não teve a atitude ou a inteligência de deixar passar Rosberg para o terceiro posto, por exemplo – e Niki Lauda também não gostou dessa atitude. Mesmo “Toto” Wolff, mais conciliador nas suas declarações, não deixou de criticá-la, e provavelmente, isto poderá ter contribuído para o apressar da sua saída da marca de três pontas. 
E também parece que esta atitude de Brawn está a querer demonstrar que não confia nas potencialidades de Nico Rosberg como primeiro piloto, que está lá desde 2010 e penou durante duas temporadas para desenvolver o carro que o piloto britânico – que chegou ali de para-quedas e a troco de um “camião de euros” – colhesse os frutos. É o primeiro pódio do ano, é certo, e parece que a Mercedes está a demonstrar-se agora que é uma equipa para os primeiros lugares, embora ainda esteja longe de Red Bull e da Ferrari de Fernando Alonso.
Já se começa a falar que isto poderá ser mais uma boa razão para que a marca o dispense no final desta temporada, se não antes. Com Nick Fry a sair da equipa – a sua saída foi confirmada na semana passada – e a cúpula mais interessada em ir buscar mais elementos da McLaren – Paddy Lowe vem no próximo ano – a sua influência está a diminuir cada vez mais. É algo que está a ser planeado, mas provavelmente esta história de Sepang poderá ter reduzido a margem de manobra de Brawn ao mínimo. Se tentar novo truque, provavelmente a Mercedes não se importará de pagar um extra para que ele saia antes de tempo.
Anúncios

2 pensamentos sobre “E na Mercedes…

  1. Creio que tenhas confundido Nick Fry com Pat Fry.

  2. Meu caro, antes demais minhas saudações, sou blogueiro também, mas sou um FÃ VICIADO DO TEU BLOG, sobre o acontecimento do Gp da Malásia já todos nós falamos, concordo com você que escreve 99,9% das vezes, mas discordo neste embrulho da Mercedes, primeiro o estilo de pilotagem do Lewis é das antigas é certo, depois tanto em Melbourne como em Sepang o seu ritmo foi sempre mais rápido que o do Nico, enquanto não recebeu a ordem para diminuir o ritmo controlou sempre o Rosberg, concordo que o Brown não devia ter feito essa decisão, mas é por isso que ele é pago para tomar decisões, e ele fez o que achou melhor, penso que ele esta á ser injustiçado com tantas criticas, os tempos por volta tanto do Nico como do Lewis demonstração que eles praticamente estavão no mesmo ritmo, pode-se argumentar que o Nico poderia estar mais rápido se tivesse passado o companheiro, mas é ai onde reside o argumento do Ross, Rosberg, não foi capaz de o fazer desde o inicio da corrida,na parte final da corrida tentou, mas o Lewis respondeu os ataques, e enquanto os carros estavam com bom ritmo, o Lewis lutava para vencer a corrida, tanto que o Vetel só o passou na ultima rodada de troca de pneus, quando ele teve que diminuir o ritmo, pelo o meu modesto raciocínio, não foi a pilotagem do Lewis, mas sim o erro de calculo da equipa no que diz respeito a gasolina, erro esse que já admitiram, ordens de equipe é o câncer que vai estrangulando a F1, mas há que ser justo quando criticamos algumas atitudes, feita essa ressalva, teu blog é extraordinário, aquele post sobre o Senna, então é poderoso! Meus parabéns meu caro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s