Noticias: Domingos Piedade considera regresso de Raikkonen "um erro"

O regresso de Kimi Raikkonen à Ferrari a partir de 2014 continua a causar variadas reações juntos das pessoas mais entendidas sobre o assunto, e em Portugal, um dos que entende melhor o automobilismo e a formula 1, devido ao muito que passou, é Domingos Piedade, que em entrevista este sábado ao podcast 16 Valvulas, comentou sobre o assunto, afirmando que a escolha de Luca di Montezemolo foi “erradissima“. 

E ele justificou a razão: “Acho que o Kimi não vai trazer nada de novo à Ferrari. Se procurava alguém para ser segundo piloto ao lado de Fernando Alonso, no sentido de espicaçar o piloto espanhol, nao creio que seja o Kimi, porque não o vai ajudar tecnicamente. É um grande piloto, mas não é um grande acertador. É o sujeito que quando acaba, pega na pasta e vai-se embora, não discute com os engenheiros após a corrida“.

E prosseguiu: “Eu se estivesse no lugar de Stefano Domenicalli, teria contratado o Nico Hulkenberg. E o piloto com mais potencial de futuro, daqueles que estão ‘livres’. A decisão do Luca [di Montezemolo sobre Kimi Raikkonen] é completamente absurda, a meu ver, porque ele pagou quase 20 milhoes para indemenizar o Kimi Raikkonen [no final de 2009] e a meu ver, não é o piloto indicado para espicaçar o Fernando Alonso“.

Para além disso, falou sobre a situação de Felipe Massa e a possibilidade do Brasil ficar sem pilotos na categoria máxima do automobilismo: “E daí, morre a Formula 1? Lembro-me que os italianos chegaram a ter sete pilotos, e agora não têm nenhum, os franceses chegaram a ter oito e ficaram sem nenhum. São ciclos“. 

Na entrevista, para além de falar sobre António Félix da Costa, onde afirma que está pressionado pelos resultados (isto foi antes da sua vitória deste domingo), fala também sobre “Rush”, o filme de Ron Howard sobre a temporada de 1976. E ele afirma que não têm intenção de ver o filme: “Vivi esse luta pessoalmente, eu vi este filme em 1976 com os atores originais. Tudo o que vier nesta altura é como dizem os chineses: uma ‘cópia original’. E não vou ver cópias do original.”

E conta mais pormenores sobre essa temporada, falando especialmente depois do acidente de Nurburgring Nordschleiffe: “O Niki, quando têm o acidente no Nurburgring, tinha ganho cinco das nove corridas que tinha acontecido, estava disparado na frente do campeonato. Na noite do acidente, a Ferrari convidou pessoalmente o Emerson Fittipaldi para o vir substituir. Ele não aceitou porque ele é um homem integro, vertical, tinha dado a palavra à Copersucar. 

E especula: “Se o Emerson tivesse aceite, já no Grande Prémio a seguir [na Austria], onde a Ferrari não participou, teria roubado pontos aos James. Definitivamente. E na corrida seguinte [na Holanda] onde correram só com o Clay Regazzoni, ele estaria ali para pontuar. E ali, estaria escrito que não seria o James a ganhar o campeonato do mundo“. concluiu. 
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s