Noticias: Félix da Costa será terceiro piloto da Red Bull e estará no DTM

A Red Bull anunciou esta manhã que António Félix da Costa será o terceiro piloto da Red Bull em 2014, ao lado de Sebastien Buemi, e para além disso, também será piloto da BMW no DTM, o campeonato alemão de Turismos, sendo o segundo piloto a participar, depois de Filipe Albuquerque.
O anuncio de Félix da Costa no DTM é apenas a confirmação dos rumores que puluavam desde que a Red Bull anunciou que iria manter o piloto português no seu programa, mesmo após ter sido preterido pelo russo Daniil Kvyat no lugar deixado vago por Daniel Ricciardo na Toro Rosso.
Para Christian Horner, o anuncio de Buemi e Félix da Costa como terceiros pilotos significa que “é uma grande honra anunciar a assinatura com o Sébastien e o António para 2014. No próximo ano os regulamentos da Fórmula 1 têm a maior mudança dos últimos tempos e regressam os testes durante a época. Por isso, poder chamar dois pilotos tão capazes será um enorme benefício para a equipa”. Quanto a Félix da Costa, Horner classificou-o de “um talento promissor com quem já temos uma boa relação de trabalho e a sua contribuição será importante durante uma época muito intensiva”.
Algum tempo depois, a BMW anunciou também que o piloto de Cascais iria ser um dos seus pilotos para a sua armada no DTM em 2014, sendo uma das duas novas entradas na marca, ao lado do belga Maxime Martin, que substituem, respectivamente, Andy Prilaux e Dirk Werner. Para o diretor da BMW Motorsport, Jens Marquardt, “António Félix da Costa convenceu-nos com os seus testes no BMW M3 DTM, e antes disso pelo seu sucesso nas corridas de fórmulas, onde sempre mostrou o seu talento. Estou ansioso para o ver prosseguir o seu desenvolvimento no DTM“.
Já Félix da Costa, que tinha estado a experimentar estes carros no fim de semana passado em Valência, estava feliz com este resultado: “É uma honra para mim pilotar para um grande fabricante como a BMW“, diz Félix da Costa. “Passar das corridas de monolugares para carros de turismo é uma experiência nova, mas os carros são ótimos de pilotar, já que o DTM é uma competição de corridas de primeira classe.
A conclusão que se chega é que ao colocar Félix da Costa numa competição diferente, deseja que ele evolua numa competição destas, mas com o calendário do DTM a não ser coincidente com os fins de semana da Formula 1, poderá significar que ele desejam o piloto para qualquer eventualidade, seja física, seja se algum dos pilotos que está presente no universo Red Bull, como Ricciardo ou Jean-Eric Vergne, não corresponder às expectativas, poderão “saltar fora” a meio do ano e serem substituídos pelo piloto português.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s