Youtube Movie Presentation: A apresentação de "Rush" nos Globos de Ouro

“Rush” tinha duas nomeações para os Globos de Ouro: Melhor Filme em Drama, e Melhor Ator Secundário. Não ganhou nenhuma delas, mas a apresentação do filme, ontem à noite, ficou a cargo de Chris Hemsworth e… Niki Lauda.
Amanhã vão ser as nomeações para os Óscares. Vamos a ver se leva alguma, e se sim, quantas e em que categorias.

As datas de divulgação dos carros para 2014

Aos poucos, revelam-se as datas de apresentação de algumas marcas para a temporada de 2014 da Formula 1. Ano novo, chassis novos, motores novos, regulamentos novos, e no final deste mês acontecerão os primeiros testes, no circuito de Jerez. Ontem, a Mercedes anunciou pelo Twitter que irá apresentar o seu novo carro a 28 de janeiro, no circuito espanhol, e hoje a Caterham fez a mesma coisa, também pelo Twitter, e que também apresentará o seu novo carro no mesmo dia.

Contudo, a McLaren poderá ser a primeira a mostrar o seu carro, quatro dias antes dos testes de Jerez. A 24 de janeiro, em Woking, por volta do meio-dia, o McLaren MP4-29, o último com motor Mercedes (a Honda entrará em ação em 2015) fará a sua apresentação ao mundo, com Jenson Button e o seu novo recruta, o dinamarquês Kevin Magnussen. O lançamento será também transmitido “online” pelo canal da marca no Youtube. 
Ao mesmo tempo, o dinamarquês, filho de Jan Magnussen, anunciou hoje na sua página de Twitter que escolheu o numero 20 no seu carro, o mesmo que lhe deu o campeonato na Formula Renault 3.5 de 2013.

Youtube Motorsport Presentation: Carlos Sousa fala sobre o Dakar 2014

A poucas semanas do inicio do Dakar de 2014, a Autosport portuguesa foi à China, mais concretamente à apresentação da Haval para a próxima edição do “rally-raid” mais famoso do mundo, e saber quais são as ambições de Carlos Sousa para este rali, que passa por repetir um lugar nos dez primeiros, como têm feito nas últimas duas edições do Dakar.

Noticias: Porsche apresenta o 919 Hybrid

A Porsche apresentou esta noite o seu modelo 919 Hybrid, que irá atacar as 24 Horas de Le Mans e o Mundial de Endurance em 2014. Para além disso, apresentou mais dois pilotos aos quatro já conhecidos no alinhamento da marca para o campeonato: tratou-se do neozelandês Brendon Hartley e do alemão Marc Lieb.
Para Hartley, atualmente com 24 anos, ele já tinha sido piloto do programa da Red Bull e teve atuações na World Series by Renault, entre 2009 e 2011, e algumas passagens pela GP2, uma delas em 2012 pela Ocean Racing Technology. Em 2013, estava a correr na Rolex Sports Car Series americana, onde venceu uma corrida em Elkhart Lake.

Estou muito orgulhoso que a Porsche me tenha escolhido. Fiquei profundamente impressionado com a minha primeira aparição em Le Mans, mas competir ali em LMP1 numa marca emblemática como a Porsche é outra dimensão”, disse o neozelandês.

Quanto a Lieb, atualmente com 33 anos, é um piloto de fábrica da Porsche há 13 anos, participando em várias competições, desde o Porsche Carrera Cup até a várias participações na Endurance, nomeadamente nas 24 horas de Le Mans, conseguindo vitórias na classe GT2 (2008 e 2010) e na GTE Pro (2013). 

“Tenho a sorte de já ter celebrado vitórias com a Porsche em todo o mundo, mesmo na classe GT em Le Mans. As pessoas sempre perguntavam quando iríamos voltar para a classe LMP1 e desde que foi dado projeto luz verde ao projeto, só queria estar envolvido. Ir a Le Mans com a Porsche, nem posso descrever o quão animado isso me faz sentir.”, disse Lieb na apresentação.
Ambos os pilotos juntar-se-ão aos quatro já conhecidos: o suiço Neel Jani, o australiano Mark Webber, o francês Romian Dumas e o alemão Timo Bernhard

Noticias: Sergio Perez é piloto da Force India

A Force India confirmou esta tarde que o mexicano Sergio Perez vai ser piloto da Force India para a temporada de 2014, um ano depois de uma temporada decepcionante na McLaren-Mercedes. Irá correr ao lado do alemão Nico Hulkenberg, num vinculo que a fábrica afirma que será por “várias temporadas”. “É ótimo anunciar a Force India como minha nova equipa“, começou por celebrar o piloto mexicano de 23 anos. 
Estar aqui sempre foi minha primeira escolha e eu realmente estou feliz por estar confirmando isso agora. Quero dizer um obrigado a Vijay e à marca por esta oportunidade. É uma equipa nova, mas com muita determinação, e eles fizeram carros competitivos nos últimos anos. Tudo muda para a próxima temporada com o novo regulamento, mas já tenho uma boa sensação sobre 2014. Meu plano, agora, é visitar a fábrica e conhecer a cada um dos engenheiros“, concluiu.
Nascido a 26 de janeiro de 1990, em Guadalajara, Perez chegou à Formula 1 em 2011 na Sauber, onde após uma temporada de adaptação, fez um 2012 em grande, conseguindo três pódios, suficientes para atrair a atenção da McLaren, que o contratou para a temporada de 2013. Contudo, as expectativas transformaram-se em frustrações, quando a equipa fez uma das suas piores temporadas da sua história, não conseguindo ir ao pódio uma unica vez, e Perez conseguiu apenas 49 pontos e uma volta mais rápida. Assim sendo, foi dispensado após apenas uma temporada, sendo substituído pelo dinamarquês Kevin Magnussen.

WRC: Hyundai apresenta a sua equipa para 2014

Thierry Neuville, Chris Atkinson, Dani Sordo e Juho Hanninen. São estes os quatro pilotos que a Hyundai vai ter na sua equipa no Mundial de Ralis de 2014. A apresentação foi esta manhã e soube-se ali a designação da nova equipa, que se apresentará como Hyundai Shell World Rally Team, numa colaboração muito estreia com a petrolífera anglo-holandesa, conforme avançou Michel Nandan

Em menos de um ano, nós construímos e testamos uma nova especificação de carro para o WRC e estabelecemos uma equipa profissional e uma moderna instalação desportiva. É uma grande conquista, mas nós sabemos que temos muito para aprender nesta nossa primeira temporada”, começou por referir o diretor desportivo da marca coreana. 
Nossas metas para 2014 são realistas: queremos terminar todos os ralis com os dois carros e construir uma base de informações e experiência, assim poderemos nos desenvolver com a meta de sermos vencedores no futuro. Se tudo correr bem, esperamos competir por pódios ocasionais conforme o ano for passando”, concluiu.

No campo dos pilotos, Dani Sordo estava ansioso por pertencer a uma nova equipa e a dar o seu melhor com o novo carro.“Estou muito animado por fazer parte deste animador projeto da Hyundai no WRC. Pode ser uma equipa jovem, mas tem um alto nível de experiência e profissionalismo, o que torna num pacote realmente atrativo”, começou por comentar.

Estou ansioso em levar meus anos de experiência no WRC para a marca na sua temporada de estreia e em fazer parte do Rali de Monte Carlo, o primeiro evento”, concluiu.

Já Chris Atkinson tem mais experiência com o carro, pois já ajudou a desenvolver o carro ao longo dos últimos meses, encontrava-se ansioso por poder correr competitivamente pela equipa na próxima temporada: “Foi um prazer fazer parte da equipa da Hyundai durante a temporada de testes e ter a oportunidade de contribuir para o desenvolvimento do i20 WRC. É fantástico poder continuar com esta equipa em 2014, nesta nossa primeira temporada no WRC, e poder guiar no Rali da Austrália”, comentou.   

Os planos de Félix da Costa para 2014

Desde sexta-feira que sabemos que no próximo ano, António Félix da Costa estará dividido entre o DTM e a Formula 1, como terceiro piloto da Red Bull. Contudo, nesta segunda-feira, em Cascais, a sua terra natal, o piloto de 22 anos explicou em pormenor para a imprensa portuguesa o que significa este desdobramento de tarefas, e isso não o vai prejudicar – ou matar – o seu sonho de alcançar a Formula 1.

Este objectivo de entrar para a Fórmula 1 não morreu. Antes pelo contrário, continua muito aberto“, começou por dizer. “Vou dar o meu melhor, porque a Fórmula 1 vai ser o meu objectivo a curto prazo“, concluiu, numa conferência de imprensa que teve, entre outros, Tiago Monteiro, seu conselheiro, o presidente do Automóvel Clube de Portugal (ACP), Carlos Barbosa e o secretário de Estado do Desporto, Emídio Guerreiro.

Questionado sobre quando poderá concretizar o sonho, o jovem piloto foi peremptório: “É complicado, muito difícil, mas como sempre fui toda a minha vida, com uma força de vontade enorme, vou continuar a trabalhar para a Fórmula 1“. 

Félix da Costa admitiu que irá ter uma “época complicada“, por ter de conciliar a sua função de piloto de testes e de reserva da Red Bull, a equipa campeã do mundo de Fórmula 1, com as corridas na DTM, mas traçou como objectivo vencer algumas corridas no campeonato alemão. “As expectativas vamos ter de as destapar à medida que formos andando para a frente, mas obviamente, como piloto profissional que sou, e ambicioso, o meu objectivo é ganhar algumas corridas, entrar no pódio, mas é complicado designar agora os nossos objectivos“, sustentou.

Sobre o BMW de DTM, ele referiu que ficou agradavelmente surpreendido com a prestação do carro no teste que fez em Valencia, especialmente quando fazia as curvas mais rápidas, porque “a aerodinâmica é inacreditável. Acho que me ambientei muito bem. Não podia estar mais contente. Estar ligado a uma marca oficial, como é a BMW, dispensa qualquer tipo de apresentação e, ao mesmo tempo, estar com um pé na Fórmula 1, com a equipa campeã do mundo, é um programa duplo perfeito“, salientou.

E sobre a temporada que aí vêm, manifestou o desejo de começar a trabalhar com a nova equipa o mais rapidamente possível. “Acho que pode ser uma época em grande. Não vai ser fácil [estar nas duas competições], vou ter uma época complicada, muito ocupada e vou ter que me estruturar muito bem, ter a minha vida bem organizada, porque vou estar a lidar com duas equipas ao mais alto nível“, lembrou. 

Formula E: Venturi é a décima equipa… com Leonardo di Caprio

E hoje surge aquela que poderá ser a última equipa na Formula E. A franco-monegasca Venturi apresentou-se ao mundo esta segunda-feira, com o apadrinhamento de… Leonardo de Caprio. A marca, que teve um passado como construtora de automóveis e teve um envolvimento na Formula 1 no inicio dos anos 90, em parceria com a Larrousse, está há algum tempo no negócio dos carros elétricos, sem grandes resultados. Contudo, o seu dono, Guido Pallanca Pastor, quer mudar um pouco as coisas.

A Venturi tem sido uma pioneira em veículos elétricos de alto desempenho por mais de uma década, e a Formula E nos dá a fantástica oportunidade de melhorarmos nossas tecnologias avançadas através do automobilismo, assim como competir em todo o mundo”, começou por afirmar.
A Formula E também nos dá a oportunidade de ser parte de um novo programa de corridas com um projeto que realmente divide os valores da Venturi para uma mobilidade limpa, inovação no campo da propulsão elétrica e otimização da eficiência energética”, concluiu o empresário, que não esconde que a partir da segunda temporada, quer construir o seu próprio carro.
Já Di Caprio, sócio na aventura Venturi, manifesta o seu contentamento em fazer parte nesta aventura: “O futuro do nosso planeta depende da nossa habilidade de adotar o uso consciente dos combustíveis e veículos movidos a energia limpa. A Venturi mostrou uma tremenda visão de futuro ao criar uma equipe de corrida em um ambiente amigável, e eu estou feliz em fazer parte desse esforço”, declarou.
Com isto, a Venturi junta-se às outras nove equipas, a saber: Andretti, DAMS, Dragon, Abt (Audi), Super Aguri, Mahindra, Virgin, Drayson e China Racing. 

Endurance: Audi mostra o seu carro para 2014

A apresentação oficial será apenas a 18 de dezembro, mas a marca de Inglostadt mostrou neste domingo as imagens do seu Audi R18 e-quattro, versão 2014, numa temporada onde para além da Toyota, terá a concorrência da Porsche no Mundial WEC e nas 24 Horas de Le Mans.

Para o diretor desportivo da Audi, Wolfgang Ulrich, a divulgação do novo carro nesta altura serve para se conhecer ao mundo, antes de começar com uma bateria de testes em Sebring. “Nós alcançamos um estágio crucial neste projeto. Depois de construir o primeiro protótipo, agora estamos testando em várias pistas. O objetivo principal dos testes é acumular uma vasta quilometragem, coordenar o complexo sistema híbrido e trabalhar na eficiência total do equipamento, que nunca foi tão complexo quanto este”, declarou.
Para o próximo dia 18, para além de uma apresentação mais completa do carro, servirá também para confirmar os alinhamentos para a próxima temporada, bem como o calendário da marca no Mundial.