Dakar: acidente grave coloca fora de prova um dos gémeos Escalé

O João Carlos Costa, da Eurosport, falou hoje sobre os gémeos Escalé, que foram este ano ao Dakar graças à generosidade de Nasser Al Attiyah, que os ajudou quando soube que um dos patrocinadores decidiu retirar “em cima da hora” e um deles decidiu sacrificar-se em nome do irmão gémeo.
Há cerca de duas semanas, falou-se sobre esse ato de generosidade por parte do piloto qatari. Hoje, soube-se de más noticias. Um dos irmãos, Gilbert, desistiu na quinta etapa, vítima de uma queda. Mas esta foi bem grave: sofreu um traumatismo renal e hepatico grave, para além de uma fratura na bacia e no torax. Está internado no hospital de Padilla, na Argentina, em estado grave.
Uma pena. Desejo tudo de bom para ele, e que recupere totalmente, para que ambos voltem de novo ao Dakar.
Anúncios

Última Hora: ASO decide punir três pilotos no Dakar

Segundo conta o Rodrigo Mattar, no seu blog “A MIl Por Hora”, Carlos Sainz, Nasser Al Attiyah e Robby Gordon foram penalizados  pela organização do Rally Dakar em uma hora na etapa de hoje, devido ao facto de não passaram por um dos postos de passagem da etapa, o quinto, mais concretamente.
Para Carlos Sainz, isto foi um golpe ainda mais duro do que o mau dia que teve na estrada, onde perdeu uma hora para Nani Roma e a liderança, caíndo para o sexto posto na geral. Agora, com esta penalização, desce mais três posições, para o nono lugar. Quanto a Nasser al Attiyah, é agora o quinto da geral e Robby Gordon perde o terceiro lugar da etapa, caindo do 19º para o 23º posto da geral.
Amanhã, a caravana do Dakar vai de Tucuman para Salta, onde os automóveis farão 400 quilómetros cronometrados de extensão.