WRC: Citroen anuncia Meeke, Ostberg e Al-Qassimi para 2014

Apesar da apresentação oficial ser somente a 18 de dezembro, a Citroen anunciou esta tarde que a sua equipa no WRC para a temporada de 2014 será constituída pelo britânico Kris Meeke e pelo norueguês Mads Ostberg, mais o árabe Khalid Al-Qassimi
A escolha destes dois nomes significa um desbloqueamento no “xadrez” do WRC para 2014, pois muito provavelmente Mikko Hirvonen e Dani Sordo, os pilotos que faziam parte da marca nesta temporada e que desiludiram muito em termos de resultados – a marca conseguiu apenas três vitórias, duas para Sebastien Löeb e uma para Sordo – foram para outros lados. Muito provavelmente, Hirvonen volta para a Ford, onde já fio muito feliz, e o espanhol poderá fazer uma temporada em “part-time” pela Hyundai, que terá esta terça-feira a sua apresentação oficial.
Quanto às entradas, Kris Meeke terá uma nova chance de se mostrar num carro oficial, depois da sua passagem infeliz pela Prodrive, onde foi vitima das intrigas entre ela e a BMW, devido ao desenvolvimento da Mini, tendo ficado de fora da marca em 2012, voltando apenas para correr em duas provas de 2013 pela Citroen, onde apesar da sua rapidez, não conseguiu ter consistência suficiente para levar o carro até ao fim. Contudo, a marca francesa achou que era mais do que suficiente para lhe der uma temporada inteira, numa chance que, aos 34 anos, terá de ser única.
Já no caso de Mads Ostberg, depois das promessas de 2011 e 2012, com um Ford Fiesta WRC montado pela sua equipa, a Adapta, em 2013 as coisas foram decepcionantes, não conseguindo ser superior a Thierry Neuville e a Evgueny Novikov. Apesar de ter conseguido ser bastante regular – terminou todos os ralis do ano, e pontuando em todos, menos num – apenas conseguiu dois terceiros lugares como melhor resultado, isto depois de ter vencido um rali em 2012. Pode ser que em 2014, num novo carro, e passada a sua fase de adaptação, possa acender a chama que aparentemente desapareceu nesta temporada que terminou.
Em menor grau, Al-Qassimi terá em 2014 um calendário mais reduzido em termos de participações, correndo apenas em quatro provas ao volante de um DS3 WRC. Mas no próximo dia 18 de dezembro poderemos saber muito mais.
Anúncios

No 29º aniversário de Robert Kubica…

Na altura em que comemora o seu 29º aniversário, Robert Kubica é um nome em destaque. Depois de receber o troféu de “Personalidade do Ano” por parte da FIA, superado personalidades como Sebastian Vettel, Sebastien Ogier, Tom Kristensen, Yvan Muller ou Christian Horner, entre outros, o nome do piloto polaco, que ganhou uma segunda carreira nos ralis após o acidente no Rali Ronda di Andora, em fevereiro de 2011, tornou-se numa peça no xadrez do WRC, depois de o belga Thierry Neuville ter aceite o convite de guiar pela Hyundai, ao lado de Juho Hanninen, Bryan Bouffier e – provavemente – Dani Sordo
Segundo se conta por aí, a Citroen e a Ford, através da M-Sport, fizeram convites da Kubica no sentido de correr para eles em 2014, embora que no caso da marca francesa – que só vai anunciar o seu “lineup” a 16 de dezembro em Paris – para além do WRC, poderá haver a hipótese de correr em “part-time” no WTCC, ao lado de Sebastien Löeb, Yvan Muller e José Maria Lopez.
No caso da marca inglesa, sabe-se que desde há algumas semanas que a M-Sport está a construir um Fiesta WRC adaptado às necessidades do piloto polaco, bem como existe também a hipótese de ele participar na aventura do Bentley Continental na GT3, já que o carro neste momento está a ser construído e desenvolvido nas instalações da M-Sport.
Em ambos os casos, pode-se dizer que Kubica é um piloto a ter em conta, dado que não há muitas alternativas. Pouco se sabe sobre o que a Citroen quer fazer no WRC, correndo até o rumor que este poderá ser o último ano da marca nos ralis, já que poderão se concentrar nos Turismos, batalhando contra Lada, Honda e Chevrolet. Contudo, o patrocinio da Abu Dhabi é válido até ao final de 2015, o que poderá fazer com que fiquem por mais tempo. Fala-se até que Mikko Hirvonen poderá não ficar e regressar à Ford, o que deixaria a equipa sem referências. No caso da Ford, claro, caso o finlandês volte, a marca poderá ficar com Mads Ostberg e o russo Evgueny Novikov como pilotos, mas poderá haver mais novidades.
Em suma: a um mês e pouco do inicio do mundial, muita coisa permance por resolver. Os próximos dias responderão às duvidas presentes. 

WTCC: Calendário completo de 2014 foi divulgado

Outro dos calendários que a FIA divulgou esta quarta-feira foi o do Mundial de Turismos, o WTCC. E com a entrada de mais um construtor, a francesa Citroen, houve alterações no calendário. Já se sabia desde há alguma tempo que Portugal iria perder a sua data no calendário em favor de Paul Ricard – a entrada da Citroen contribuiu para isso – mas outra novidade neste calendário é a entrada de Spa-Francochamps, na Belgica. Paul Ricard será a primeira corrida em solo europeu, a 20 de abril, e a pista belga aparecerá a 22 de junho.
Para além disso, a temporada começará em Marraquexe, a 6 de abril, e o seu encerramento será a 16 de novembro, no Circuito da Guia, integrado no fim de semana do Grande Prémio de Macau.
Eis o calendário completo do WTCC:
06 de abril – Marraquexe (Marrocos) 
20 de abril – Paul Ricard (França) 
04 de maio – Hungaroring (Hungria) 
11 de maio – Slovakia Ring (Eslováquia) 
25 de maio – Salzburgring (Áustria) 
08 de junho – Moscow Raceway (Rússia) 
22 de junho – Spa-Francorchamps (Bélgica) 
03 de agosto – Termas de Río Hondo (Argentina) 
14 de setembro – Sonoma (EUA) 
12 de outubro – Xangai (China) 
26 de outubro – Suzuka (Japão) 
16 de novembro – GP Macau

As opções de Robert Kubica

Robert Kubica pode não ter terminado da melhor forma a sua temporada nos Ralis, com os dois despistes que teve no Rali de Gales, mas ele está e alta no pelotão do mundial. A sua capacidade de correr, aliado aos resultados que conseguiu na categoria WRC2, onde venceu quatro provas e acabou como campeão do mundo, fez com que Citroen e Ford estejam interessados nos seus serviços na temporada de 2014.
Segundo a Autohebdo.fr, a Ford poderá estar a tentar o polaco de 28 anos com uma oferta para correr um Fiesta WRC na próxima temporada, tendo até já começado a modificar um carro para ele, no sentido de o oferecer para correr. Contudo, a Citroen ainda não desistiu dele e planeia fazer o mesmo, já que existe a possibilidade de Mikko Hirvonen ir para a Hyundai, para correr ao lado do belga Thierry Neuville.
Contudo, uma outra possibilidade está em cima da mesa, que é correr na Endurance, ao volante de um Bentley Continental GT3, cuja preparação e desenvolvimento está a ser feita… na M-Sport. Não se saber se será mais tentador do que o WTCC, categoria no qual a marca francesa irá se estrear na próxima temporada, com Sebastien Löeb, Yvan Muller e o espanhol Pepe Oriola como pilotos oficiais.
Quaisquer que sejam os resultados, Kubica é um piloto cobiçado por muitos.

As opções de Robert Kubica

Robert Kubica pode não ter terminado da melhor forma a sua temporada nos Ralis, com os dois despistes que teve no Rali de Gales, mas ele está e alta no pelotão do mundial. A sua capacidade de correr, aliado aos resultados que conseguiu na categoria WRC2, onde venceu quatro provas e acabou como campeão do mundo, fez com que Citroen e Ford estejam interessados nos seus serviços na temporada de 2014.
Segundo a Autohebdo.fr, a Ford poderá estar a tentar o polaco de 28 anos com uma oferta para correr um Fiesta WRC na próxima temporada, tendo até já começado a modificar um carro para ele, no sentido de o oferecer para correr. Contudo, a Citroen ainda não desistiu dele e planeia fazer o mesmo, já que existe a possibilidade de Mikko Hirvonen ir para a Hyundai, para correr ao lado do belga Thierry Neuville.
Contudo, uma outra possibilidade está em cima da mesa, que é correr na Endurance, ao volante de um Bentley Continental GT3, cuja preparação e desenvolvimento está a ser feita… na M-Sport. Não se saber se será mais tentador do que o WTCC, categoria no qual a marca francesa irá se estrear na próxima temporada, com Sebastien Löeb, Yvan Muller e o espanhol Pepe Oriola como pilotos oficiais.
Quaisquer que sejam os resultados, Kubica é um piloto cobiçado por muitos.

Youtube Rally Slowmotion: A temporada de 2013, em câmara lenta

Terminada a temporada de 2013, eis os melhores momentos do Mundial WRC, dominado por Sebastien Ogier e pela Volkswagen, que no seu primeiro ano de atividade, teve uma atitude de “Vini, Vedi, Vinci”: Chegou, viu e venceu contra Ford e Citroen.
Sentem-se e apreciem, são oito minutos e 40 segundos de belas imagens.

Youtube Rally Crash: O segundo acidente de Robert Kubica em Gales

Se já há uns dias mostrei o primeiro capotamento de Robert Kubica no Rali de Gales, hoje mostro o segundo capotamento do piloto polaco a bordo do seu Citroen DS3 WRC, no rali galês. Vê-se que ele perde de traseira, antes de cair ribanceira abaixo, parando uns com 150 metros mais abaixo. Depois de ele e o seu navegador sairem ilesos, Kubica ainda têm tempo para ligar à assistência, dizendo o que aconteceu…  
Eu tenho uma “teoria da conspiração” para estas coisas todas: ele quer testar os limites da máquina. Errar para que depois possa fazer melhor. Não repararam aquilo que fez nos primeiros ralis, no final do ano passado, e o que fez no ali das Canárias, a primeira corrida com o DS3, no WRC2? E o que fez depois disso? Bom, venceu quatro provas na sua classe e conseguiu um quinto lugar no Rali da Alemanha… com um WRC2.
Portanto, Kubica não é o desmiolado com “death wish” (desejo de morrer) que muitos julgam. Há algo mais para além destes acidentes. Veremos como vai ser em 2014, quando ele estiver num WRC, seja ele um Ford ou um Citroen…

Youtube Rally Crash: O (primeiro) acidente de Robert Kubica em Gales

Robert Kubica está a estrear no País de Gales o seu Citroen DS3 WRC e até estava a andar num honesto sétimo posto quando ele se despistou, ontem de manhã, vítima das estradas galesas, muito escorregadias nesta altura do ano. Apesar do capotamento, ele e o seu novo navegador, Michele Ferrara, não sofreram ferimentos.
Kubica voltou esta manhã à estrada, graças ao “Rally2”, mas… voltou a despistar-se e a capotar.

Também há aqui imagens do acidente do Mikko Hirvonen, mas depois coloco um video com mais pormenores.